Diabetes

Diabetes Mellitus (DM) é uma doença muito freqüente, caracterizada pelo excesso de glicose (açúcar) no sangue (hiperglicemia) e urina, causada por deficiência na produção ou na ação do hormônio INSULINA.
O pâncreas é um órgão do sistema digestivo que secreta várias enzimas digestivas e também produz o hormônio INSULINA que é fundamental para a regulação do metabolismo da glicose. A principal ação da insulina é promover a entrada da glicose nas células.
As causas mais comuns de DM são o DM tipo I e o DM tipo II. Existem outras causas menos comuns de Diabetes que chamamos de causas secundárias como a decorrente da destruição do pâncreas de causas diversas e uso de medicamentos como os glicocorticóides.

DIABETES TIPO I (DM I)- insulinodependente

O DM I ocorre pela falta absoluta ou parcial de insulina causada por destruição das células beta do pâncreas que produzem insulina. Manifesta-se principalmente na infância e adolescência de forma rápida (semanas a poucos meses) com sintomas importantes de excesso de urina (poliúria), sede intensa (polidipsia), fome (polifagia) e emagrecimento.

sintomas de Diabetes

A utilização de insulina é SEMPRE necessária e deve ser iniciada imediatamente após o diagnóstico. A dose varia de acordo com a idade, peso, alimentação e de acordo com os testes de glicemia capilar (teste de ponta do dedo). Além da insulina, o tratamento engloba a terapia nutricional e a prática de atividades físicas.
aplicaçãode insulina glicemia capilar
CETOACIDOSE é um quadro grave de descompensação do DM1, onde há um desequilíbrio global do metabolismo causado pela falta da insulina. Caracteriza-se por desidratação grave, acidose do sangue, alteração de eletrólitos (sódio e potássio). Geralmente ocorre em pacientes que ainda desconhecem o diagnóstico, em pacientes em uso irregular de insulina ou naqueles com alguma situação de estresse importante como nas infecções. O tratamento deve ser feito em ambiente hospitalar com administração de insulina venosa, hidratação, reposição de eletrólitos e tratamento da causa precipitante.

DIABETES TIPO 2 (DM2)

O DM2 é o tipo mais freqüente de DM, acometendo mais de 90% dos pacientes. É uma doença causada principalmente pela deficiência na ação da insulina em um processo que chamamos de RESISTÊNCIA À INSULINA. O DM2 surge geralmente em pessoas que estão acima do peso, principalmente quando há aumento da circunferência abdominal, e tem história familiar de DM2.
O DM2 pode estar associado a outras doenças como a hipertensão arterial, alteração das gorduras no sangue (dislipidemia). A esse conjunto de fatores de risco chamamos de SÍNDROME METABÓLICA.

adulto obeso

Apesar de ser uma doença crônica sem possibilidade de cura, o DM2 pode ser bem controlado através de um estilo de vida saudável com a manutenção de um peso adequado, dieta equilibrada e atividade física e o uso de medicamentos prescritos pelo médico.